MARÇO – Instabilidade, Carnaval Series, Rotinas e Objetivos

À cerca de 2 meses que não escrevia nada no blog, e sinto que devo um pedido de desculpas aos meus leitores, mas confesso que acabei por priorizar outras coisas e o blog ficou para segundo plano. Neste post vou falar um bocadinho sobre o mês de Março e das Carnaval Series. Entretanto provavelmente quando estiveres a ler este post também já saiu o post de Abril e o de Maio.

MARÇO – OBJETIVOS E ROTINAS

Os meus objetivos para Março eram bastante ambiciosos. Tinha a faculdade, as aulas de Coaching, volume para colocar e hábitos de sono para regularizar. Achei que era capaz de fazer tudo e a verdade é que acabei por não fazer praticamente nada ou pelo menos não fiz com a intensidade que desejava. Acho que isto aconteceu por querer fazer tudo e não ter a capacidade de definir as prioridades certas nos momentos certos.

Por um lado tinha a faculdade e alguma pressão em casa relativamente a este tema por outro tinha o poker que é aquilo mais gosto de fazer e que me ocupa bastante tempo. A minha mãe gostava mesmo muito que eu acabasse o curso e acaba por me colocar bastante pressão. Sei que ela o faz para o meu bem e sou muito grato por ela se preocupar comigo e com o meu futuro. Mas neste momento essa pressão não é saudável para mim. Só que às vezes sinto que se não terminar o curso ela não vai ter orgulho em mim porque eu sei que ela valoriza isso mais que tudo. É um sentimento muito estranho quando sentes que estás a tentar dar o teu máximo e a correr atrás dos teus sonhos mas acabas sempre por ter uma vozinha – “Então e as aulas? Já estou mesmo a ver o que vai acontecer.” Na fase da minha vida sinto que isto me cria um certo bloqueio e alguma pressão que de alguma forma me deixa ansioso. Lidar com este feeling de emoções foi muito estranho e acho que me criou tanta ansiedade que aos poucos comecei a sentir-me perdido. Aos poucos comecei a perder o apetite, os meus sonos começaram a ficar totalmente desregulados e deixei de ter uma rotina. Não tinha vontade de fazer nada. Claro que com o passar do tempo a não descansar e a alimentar-me mal, comecei a sentir-me mal. Por um lado não tinha energia para fazer aquilo que mais gosto e por outro sentia-me mal comigo por não estar a conseguir fazer nada daquilo que me tinha proposto.

Felizmente temos a Raquel na Evolution e falei com ela sobre isto e ela como sempre ajudou-me a pensar e a refletir. Ela ajudou-me a encontrar clareza mental e a perceber o que é mais importante para mim. Neste momento preciso de simplificar e perceber onde quero investir o meu tempo e a minha energia. Após uma reflexão percebi que os meus grandes objetivos eram:

○ Chegar aos High Stackes;
Ter mais alunos e ser melhor Coach;
Ajudar a Evolution a crescer;
Ir Viver para Fora;
Ser a minha melhor versão todos os dias
e todos os dias tentar ser um bocadinho melhor do que no dia anterior;
Conseguir de alguma forma ajudar outras pessoas a lutarem pelos seus sonhos e objetivos.

No fundo estes são os meus grandes objetivos a curto médio e longo prazo. A partir daqui é mais simples perceber naquilo que quero investir o meu tempo. Tudo aquilo que de certa forma me deixe mais perto destes objetivos é algo que quero ter na minha vida tudo o resto provavelmente quero reduzir ou eliminar.

Um dos objetivos que tinha traçado para este ano era ter 5 alunos, em Março recebi mais alunos para dar Coaching, passei de 3 alunos para 5 alunos. Fiquei muito contente por me terem sido atribuídos mais alunos e por ter atingido um dos objetivos que tinha traçado para este ano. No fundo eu gosto mesmo de dar Coaching e é algo em que quero evoluir e cada vez ser melhor. Se por um lado às vezes sinto que estou na minha zona de desconforto também sei que é aqui que vou crescer mais. Acredito que o Coaching seja algo que vá estar presente na minha vida por muito tempo e é algo que eu quero investir tempo para me tornar melhor e melhor. Sei que ainda tenho muito para evoluir nesta área, sinto que às vezes ainda não consigo ser eficiente ao máximo nas sessões. Sem dúvida que é algo que quero trabalhar nos próximos meses. Quero agradecer aos meus alunos pela confiança que mostram no meu trabalho e por me ajudarem a evoluir e a ser um melhor coach e claro aos responsáveis pela Evolution André, Ivan e Soleej por me darem esta oportunidade de fazer algo que eu tanto gosto.

Um dos objetivos que para mim ficou mais a quem no mês de Março sem dúvida que foi o volume. Mesmo com as Carnaval Series e com bons torneios para jogar sentia-me extremamente cansado e fraco emocionalmente. Acabei por não jogar muito eventos e nos que jogamos apenas tivemos uma ou outra Deep Run mas nada de especial. Mesmo com isto acabei por dar o meu primeiro “SHOT” num ME de Series (Buy-in 250€). Era mais um dos objetivos que tinha para este ano. Senti alguma ansiedade nas primeiras mãos e algum nervosismo, afinal era o buy in mais caro que já alguma vez tinha jogado. Mas ao mesmo tempo depois de ter jogado umas mãos comecei a perceber que aquilo não era um bicho de sete cabeças. Apesar de não ter ficado ITM, terminei muito grato por ter dado aquele shot. Provavelmente para algumas pessoas é só mais um torneio, mas para mim aquele buy in representou muito mais do que só um torneio. Sempre tive alguma dificuldade em subir de limites, sei que a nível emocional tenho leaks e tenho a certeza que à uns meses atrás mesmo que alguém dissesse que eu podia jogar eu emocionalmente não ia conseguir. Então dar aquele buy-in para mim era o ultrapassar alguns fantasmas que tinha na minha cabeça. À e a sensação depois de ter dado aquele shot foi mesmo muito boa. Basicamente parece que me fez dar um Click e ajudou-me a ter mais confiança nos limites que jogo regularmente. Tenho a certeza que só consegui jogar aquele torneio porque tenho um grande suporte e trabalho diariamente com pessoas excecionais que me ajudam todos os dias a ser melhor. Quero deixar um agradecimento muito especial à Raquel que em todas as sessões que têm comigo é incansável e me ajuda a tirar estes fantasmas dentro de mim e me ajuda a ter mais confiança em mim e nas minhas capacidades.

PARA CONCLUIR

Apesar de me ter sentido algo perdido neste mês e de não ter conseguido colocar tanta intensidade como queria percebi algumas coisas que acho que me vão ajudar bastante no futuro e na minha carreira.

A minha rotina é a minha melhor amiga, quero cuidar dela da melhor maneira possível. Quando as coisas estiverem a correr menos bem, a rotina é o meu maior suporte. Se eu abdicar dela nos momentos bons, não vou ter força e estabilidade para superar os momentos maus.

Devo sempre respeitar os concelhos dos meus coachs, quando eles me dizem alguma coisa normalmente é porque já passaram por aquilo que estou a sentir e sabem que é o melhor para mim. Se não duvidar e seguir os concelhos deles a minha evolução vai ser muito mais rápida.

Os meus objetivos devem vir de dentro e não de fora. Os meus objetivos tenho que ser eu a defini-los e não deixar que os outros os definam por mim. Os meus objetivos devem ser simples e claros de forma a que consiga usar a minha energia toda para os realizar.

Não querer tudo de uma vez! Apreciar o processo e não ser um 8-80. Às vezes dou por mim a querer mudar drasticamente as minhas rotinas e a colocar objetivos mensais muito grandes e muitas vezes irrealistas para a minha realidade. Isto cria-me um sentimento de frustração e que me desmotiva do processo.

“Hoje melhor do que ontem. Amanhã melhor do que hoje!”

NUNO G SILVA POKER
Quero aproveitar este post para recomendar o canal do meu colega de Equipa Nuno Silva. Ele recentemente criou um canal do youtube e acho que tem evoluído bastante. Tenho a certeza que o canal dele vai evoluir muito no próximo ano e que ele vai continuar a trazer conteúdos interessantes para todos. Acho que estas iniciativas ajudam muito a modalidade e sendo eu jogador só te posso agradecer Nuno por estares a desenvolver este trabalho. Desejo-te a maior sorte do mundo e tenho a certeza que se mantiveres a consistência ainda vamos ouvir muito falar do teu canal.

No canal do Nuno ele fala de diversos temas relativos ao poker e não só. Nutrição, Exercicio, Mental, Objetivos e planeamento são alguns exemplos. Passa lá! 🙂

https://www.youtube.com/channel/UC3fFGsUyTLp9ifll8btNgYw/videos

AGRADECIMENTO
Provavelmente ficaram coisas por dizer neste post, mas tentei ao máximo ser o mais transparente possível e dar-vos uma ideia daquilo que foi o meu mês de Março. Mais uma vez quero pedir desculpa por este post sair tão tarde, mas acho que este post fala de uma fase bastante importante para mim e que não queria deixar esquecida.

João Oliveira K

Um comentário em “MARÇO – Instabilidade, Carnaval Series, Rotinas e Objetivos

  1. Grande Joli! Este tipo de conteúdo, acredita que vai ajudar muitas pessoas que passam pelo mesmo. O facto de perceberem que não estão sozinhos dá aquela força extra para seguir em frente! Tens tido uma evolução incrível e quando duvidares lembra-te como era “o filme” há 1 ano e meio atrás, no início da evolution e o quão longe estás desse início. Um grande abraço e obrigado pela referência =D NGS

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s